Senado instala CPI para investigar afundamento do solo em Maceió

0
32
Foto Lula Marques/ Agência Brasil

O Senado instalou nesta quarta-feira (13) a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os danos ambientais causados em Maceió (AL) pela empresa petroquímica Braskem. Diversos bairros da cidade enfrentam problemas estruturais em ruas e edifícios. Os membros do colegiado elegeram o senador Omar Aziz (PSD-AM) como presidente e o senador Jorge Kajuru (PSB-GO) como vice-presidente.

O senador Otto Alencar (PSD-BA), que conduziu a reunião, informou que a CPI só iniciará seus trabalhos depois de fevereiro de 2024. Segundo ele, os nomes de Omar e Kajuru foram escolhidos em reunião prévia com os líderes. Ainda não há um nome indicado para a relatoria da comissão.

A CPI terá 120 dias para concluir os trabalhos e deverá investigar o afundamento do solo em cinco bairros da capital alagoana, fenômeno que ocorre desde 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 − 3 =